De Vespa na Índia

De Vespa na Índia

12.00

Depois do projecto "Até onde vais com 1000 euros?" e da colectânea de crónicas "Indochina", Jorge Vassallo - autor do blogue de viagens "fui dar uma volta" - apresenta o seu novo projecto literário: uma trilogia sobre as suas aventuras na Índia, chamada "Tudo é Possível!".

Neste primeiro volume, cuja capa foi desenhada pela ilustradora e street artist Vanessa Teodoro, o autor e líder de viagens faz um apaixonado relato da aventura que viveu com um amigo na Índia... em cima de duas Vespas.

"Índia... onde nunca nada acontece como-era-suposto, tu és uma surpresa em permanente metamorfose, tens sempre de inventar piruetas e cambalhotas, contorcionismos vários, tens sempre de ser a dona da última palavra."

Foram quase três meses e cerca de cinco mil quilómetros, do sul ao norte do subcontinente - e entre inúmeros momentos hilariantes e episódios insólitos, Jorge Vassallo destaca meia dúzia:

"A certa altura fomos detidos para interrogatório, por suspeitas de espionagem industrial e terrorismo - no auge do mais quente (e mortífero) Verão de que há memória, na Índia. Rapámos o cabelo no maior templo hindu do mundo. Fomos abençoados por elefantes, perseguidos por macacos - e perdemos a conta ao número de vacas de que tivemos de nos desviar, pelo caminho. Entrevistámos duas hijras, num slum de Bombaim, enquanto se preparavam para mais uma noite a prostituir-se. Aguentámos avarias e furos, diarreias e dores de dentes, buracos na estrada, trânsito... e os sempre-curiosos indianos."

Quantity:
Comprar

Também recomendamos:

Nevoazul x Nomad
17.00

Uma revista que celebra a viagem, numa edição especial da Nevoazul em colaboração com a agência de viagens aventura Nomad.

Viajámos até às montanhas Tien Shan e ao deserto de Wadi Rum com o propósito de descobrir o que significa ser nómada no século XXI. Deixámo-nos levar pelas contradições que se vivem nas ruas de Varanasi e aprendemos que a bordo do Transiberiano a viagem nos ensina tanto como o país de destino.

Dos costumes, às alterações climáticas, as mudanças são uma constante. Enquanto nas ilhas do lago Titicaca a modernidade e o turismo vivem num equilíbrio delicado, a norte do Círculo Polar Ártico, o degelo da Gronelândia ameaça apagar o postal de visita que todos conhecemos.

No Médio Oriente, o jornalista Paulo Moura retrata a vida em Mossul, no Iraque, um lugar onde as trivialidades da normalidade têm o caos como pano de fundo. Cenários difíceis de compreender, mas impossíveis de ignorar. Porque viajar também é isso, deixarmo-nos levar pelo que não faz sentido, pela estranheza cultural e aprendermos a aceitar as diferenças sem cobrarmos julgamentos.

Saiba mais sobre a colaboração Nomad x Nevoazul em Nomad.pt

Colaboram nesta revista: António Luís Campos, Carla Mota, Jorge Vassallo, Paulo Moura, Pepe Brix, Tiago Costa, Eduardo Madeira, Marta Macedo, Pedro Gonçalves, Bons Selvagens, Filipa Chatillon, Mateus Brandão, Lara Jacinto, António Pedrosa, Miguel Proença, Inês Catarina Pinto e Pedro Oliveira.

Quantity:
Comprar
Para Poder Voltar | Diário Transiberiano
15.00

De Moscovo a Pequim são 7622 quilómetros. Primeiro, uma paisagem constante de pinheiros, bétulas, abetos, faias e outras espécies que compõem a floresta boreal russa; e aldeias de madeira entre as grandes cidades siberianas; depois, as margens do profundo lago Baykal. Mais tarde, a estepe mongol com os seus cavalos, rebanhos e a solidão dos gers. Segue-se a imensidão do deserto de Gobi e, por fim, os túneis e as montanhas que separam Pequim das planícies do Norte. 

Para Poder Voltar narra a história de uma viagem de comboio num Homem. 

"Viajar a bordo do Transiberiano é uma experiência única. O comboio adopta o estatuto de casa; um espaço multifamiliar de convívio, partilha e amizade, onde o tempo passa ao ritmo do trepidar dos carris. As horas passam. Aceleram. Há famílias inteiras carregadas de bagagem como quem muda de casa, como quem muda de vida. É a vida a bordo num dos mais longos comboios do mundo."

Um livro financiado pela Bolsa de Exploração Nomad, editado pelo Manifesto
Um livro do Mateus Brandão, editado pelo Manifesto com o apoio da Bolsa de Exploração Nomad

 

Quantity:
Comprar