Manifesto x Madre Loves Objects

 

Quando criámos o Manifesto fizemo-lo também porque queríamos fortalecer as relações humanas. As nossas e as de quem nos visita. Talvez, por isso, a nossa relação com as Madre Loves Objects nos seja tão querida, porque tem vindo a crescer no último ano.

Antes das Madre serem Madre e do Manifesto ser Manifesto, conhecemos-nos na pop-up da Wanderlust Coffee Lab, nos We Came From Space. Nós na banca de café e a Raquel e a Ana como residentes nos WCFS. Quando chegou a altura de criar o Manifesto e de lhe dar uma identidade, fomos procurar os WCFS que nos encaminharam para a Raquel e a Ana (não a Ana das Madre, mas a Ana Ferreira). Seguiram-se meses de trabalho, com ideias paralelas a ganharem vida (palestras, livros e afins) e pelo meio surgiu o nosso convite de inaugurar a Montra Manifesto com as recém criadas Madre.

A Montra Manifesto reflecte o nosso desejo de dar voz a jovens criadores proporcionando-lhes um espaço temporário para expor e vender os seus produtos (as receitas revertem a favor do autor). O espaço digital veio revolucionar o acesso ao público, mas nada substitui a interação pessoal entre quem faz e quem compra.

A Raquel e a Ana aceitaram o desafio e sendo como são elevaram a fasquia. Para além da pop-up ao longo do mês, dia 17 de Dezembro recebemos o lançamento de uma série única de cerâmica inspirada no Manifesto. Esperamos ver-te por lá.