4 publicações sobre o mundo natural

 

Há algo de honesto em passar o dia no exterior. Talvez seja o chilrear sussurrante dos pássaros, o cheiro suave e doce das flores ou o verde eloquente dos campos, mas a paz que encontramos na natureza é difícil de explicar e quase impossível de ignorar.

No Manifesto há várias publicações que nos convidam a aproveitar o fascínio do desconhecido e a pureza imperfeita da natureza. Estas são as nossas preferidas.

512955-c1a82f2a909f46349f137fa45b56ce16.jpeg

 

BLAD

A Blad é uma revista bi-anual sobre plantas escrita em inglês e dinamarquês. O design da publicação acompanha a assimetria das línguas, preservando o tom nórdico mas alcançando o resto do mundo.

Na Blad nº6 somos convidados a deixar de lado o estilo de vida acelerado e a observar, sentir e cheirar as flores que nos rodeiam.

"BLAD #6 moves out into nature to look at gardens created to be beautiful all year around. We dream ourselves away to tropical terrariums and go through a real treasure chest of nature–dried and pressed. In BLAD #6 you will also gain more knowledge about the fascinating material soil, beneficial to both you and your plants."

 
 

The Outsiders

Há cada vez mais pessoas a procurar paz, equilíbrio, liberdade e aventura nos espaços exteriores. O livro The Outsiders leva-nos a conhecer as marcas, produtos e ideias que nasceram deste desejo pela exploração e pelo mundo natural. Esta publicação é uma inspiração para todos os empreendedores, artistas e criativos que vêm a natureza como musa.

"The book captures the refreshing and evolving ethos of today’s smartly successful outdoor and lifestyle entrepreneurs and features interviews with key players from across the outdoor sector. Catering to modern globetrotters, these innovators are rethinking the ways in which the fundamental challenges posed by the wilderness meet the aesthetic needs of design-literate adventurers. The results are often radical, but always likeable with the occasional romantic or ironic wink."

 
 

The Great Wide Open

Como uma ode à exploração, o livro The Great Wide Open convida-nos a descobrir o que nos rodeia, alimentando o nosso desejo por aventura.

"Lose yourself amidst endless horizons, within the depths of a forest, or on a mountain peak. An inspiring exploration of natural wonders, the book also includes a few stories from the people behind the lens—ordinary people who set out to do extra-ordinary things."

thegreatwideopen_press_p200-201.jpeg
 
 

Evergreen

Um jardim que é um paraíso privado, telhados que se disfarçam de jardins comunitários, estufas tão verdes como selvas. No livro Evergreen o interior e o exterior misturam-se numa dança feita por plantas, árvores e flores que nos convida a deixarmos a natureza fazer parte dos nossos dias.

"Evergreen shows the verdant aesthetic statement that allows city dwellers to bring nature back into the every day and quenches urban gardening desires. Living with plants is mutually beneficial; beyond the exchange of carbon dioxide and oxygen, leaves, flowers, and stems bring a warm and individual charisma to any space. Throughout this engaging collection of projects, urban gardening is complimented by a softer side: balconies that add an extra relaxing touch to a morning cup of coffee, flowers that provide calming fragrances throughout the home, or romantic blooms that feed the soul rather than fill a plate."

 
 

Estas publicações estão disponíveis no Manifesto e na nossa loja online.