Sugestões de Natal dos Vizinhos do Mercado

 

Com o Natal a aproximar-se, decidimos perguntar a alguns dos nossos vizinhos do mercado que publicação do Manifesto é que gostariam de oferecer. As respostas foram tão diversificadas quanto surpreendentes.

Um reflexo do mundo que existe dentro deste mercado.

 A menina René escolheu a revista Kinfolk

A menina René escolheu a revista Kinfolk

O mercado de Matosinhos é um sítio repleto de vida e animação. As rotinas do dia-a-dia misturam-se e sobrepõem-se, num sem fim de interações marcadas por conversas paralelas, cheiros e sabores. 

Ao perguntarmos aos nossos vizinhos quais as revistas e livros que gostariam de oferecer este Natal ficámos a conhecer um pouco melhor as pessoas que partilham o seu quotidiano com o nosso. 

A Fare e a Another Escape foram as grandes favoritas do mercado. A Ana, responsável pelo restaurante B Macro, disse que a razão porque as escolheu foi por ambas abordarem temas relacionados com a preservação e tradição ao mesmo tempo que nos alertam para a importância de mudar e evoluir. 

 

Pedro - Wonderbly

IMG_1842.JPG

O Pedro tem 25 anos é ilustrador e actualmente desenha, em conjunto com uma vasta equipa, livros infantis personalizados na Wonderbly. Ele é uma das nossas companhias diárias no Manifesto, quer seja durante a hora de almoço ou ao fim de um longo dia de trabalho. O Pedro foi também o responsável por desenhar no vidro do Manifesto a capa do livro "Para Poder Voltar - Diário Transiberiano" do Mateus Brandão para a celebração dos 10 anos da Nomad

 

"O livro que oferecia seria sem dúvida o Illustration Next. Uma coleção de ilustrações colaborativas realizadas entre ilustradores de várias partes do mundo, unidos apenas pelo tema que lhes é desafiado a ilustrar! Mais do que uma bíblia de ideias, é também um livro de entretenimento. Não só pelas perguntas informais que são feitas a cada ilustrador, mas pela química (ou falta dela!) que vemos surgir entre artistas com linguagens completamente opostas.

A revista que ofereceria seria a Mincho. Comecei a seguir mais atentamente esta revista porque senti que era um ótimo componente ao meu trabalho: de repente vem ter a mim uma revista com dezenas de ilustradores diferentes, com linguagens totalmente novas, projectos interessantes...Tudo aquilo que qualquer ilustrador precisa para não deixar a inspiração estagnar. Trimestralmente lançam um novo número com um tema sempre diferente. Desde o psicadélico até ao feminismo, passando pelo punk e noir. Faz um excelente trabalho em seguir também as tendências do mundo da ilustração, e prova disso é através dos diferentes artistas que promove nos seus artigos."

 

Beatriz - Mishmash

 Beatriz com o livro The Monocle Guide to Good Business

Beatriz com o livro The Monocle Guide to Good Business

A Beatriz é uma das pessoas mais organizadas e motivadoras que conhecemos. Ela desenvolveu uma paixão por material de escritório quando era pequena, em parte devido à papelaria do seu avô, e há cerca de dois anos abriu a Mishmash, a sua própria empresa de cadernos. Já tivemos a oportunidade de trabalhar com a Beatriz na criação do Traveler's Notebook, um caderno feito em parceria com a Nomad para todos os viajantes que desejam eternizar memórias em papel. Quando lhe perguntámos o que ofereceria a alguém que quisesse criar o seu próprio negócio, a resposta foi rápida: "apesar da oferta ser bastante variada, oferecia sem margem de dúvidas o livro "The Monocle Guide to Good Business"

 

Cris - UNDO

 A Cris com a revista The Gentewoman 

A Cris com a revista The Gentewoman 

A Cris é designer gráfica na UNDO e quando vem ao Manifesto, gosta de beber café proveniente da Etiópia e extraído na Chemex, é um trocadilho fácil de nomes que faz com que nunca me esqueça que a Cris bebe Chemex. 

Uma semana antes de lhe perguntar que publicação gostaria de oferecer este Natal, ela comprou a revista The Gentlewoman. Hesitante, levou a revista envolta em curiosidade. Uns dias depois, a revista que acabou por ser a escolha da Chris para oferecer este Natal.

"Normalmente não me atraem publicações segmentadas por género, porque os gostos e os interesses definitivamente não o podem ser, mas alguma coisa me chamou a atenção nesta revista e, depois de a ler, não fiquei desiludida, muito pelo contrário. Afinal, as revistas direcionadas ao público feminino podem ir além da exaltação da beleza superficial e do que gira em torno dela. Na The Gentlewoman, a beleza também é diferente, não segrega mas agrega. A revista tem também histórias inspiradoras de mulheres que venceram pelo talento, inteligência, carisma, coragem. É uma publicação leve que me agrada graficamente e com fotografias bonitas e verdadeiras. Como só gosto de oferecer prendas que também me agradem, esta seria sem nenhuma dúvida a escolha acertada"

 

Bruno e Eduardo - Another Collective

 A escolha dos Another Colectiva foi a revista Dispensa

A escolha dos Another Colectiva foi a revista Dispensa

Temos a sorte de ter como vizinhos o estúdio de design Another Collective. Como admiramos imenso o trabalho que realizam a nível de Branding, Web Design e Design Editorial, não podíamos deixar de lhes perguntar qual seria a sugestão deles para este Natal. 

De entre todas as publicações e livros do Manifesto, a escolhida foi a italiana Dispensa, uma revista sobre pessoas e culinária cujo papel é feito a partir de desperdícios alimentares. Como o Bruno referiu: "A razão porque escolhemos esta revista foi pelo grafismo, algo muito importante para mim, por razões óbvios. Em segundo lugar foi porque aborda um tema que, neste momento, está muito presente no nosso trabalho"

 

Soraia - Maria Milano

 Soraia com o livro Scandinavia Dreaming

Soraia com o livro Scandinavia Dreaming

A Soraia é uma designer de 25 anos apaixonada pela vida. Interior Designer de profissão no atelier de arquitectura Maria Milano, professora de surf nos tempos livres e sonhadora a tempo inteiro, está neste momento a criar uma empresa com o melhor amigo que promete surpreender a comunidade de Matosinhos. 

Considera-se bookaholic e entusiasta por tudo o que a inspira: Arquitectura, Design, Surf, Yoga, Música, Cinema, Gastronomia, Negócios, Natureza, Viagens e principalmente Pessoas.  Depois de passar meses a namorar o livro Scandinavia Dreaming no Manifesto, esta foi a oportunidade de o mostrar ao mundo. 

 

Miguel - Velo Culture

 Miguel com o livro Let My People Go Surfing

Miguel com o livro Let My People Go Surfing

O Miguel da Velo Culture é um cliente tão assíduo no Manifesto que já sabemos sempre que café é que vai querer beber e que revistas é que vai levar para casa.

A escolha dele para este Natal foi o livro Let My People Go Surfing da Patagonia. 

"A "biografia" da Patagonia pela pena do Yvon ilustra um dos melhores exemplos de sustentabilidade e ética empresarial. Não, a Patagonia não pratica o "Corporate bullshit" de que alguns (o pessoal do Trump) agora a acusam. É notória a forma como uma empresa, nascida entre amigos há décadas e que ainda se mantém nas mesmas mãos, consegue desde a sua fundação equilibrar as suas finanças com as preocupações ambientais e sociais, ao mesmo tempo que concebe e produz produtos fantásticos. A forma como também sabem admitir os seus erros é também de admirar. Para quem estiver a pensar abrir um negócio (e não esteja só preocupado em ganhar dinheiro a qualquer custo), este é um dos livros que recomendo."

-

Vem visitar-nos e fica a conhecer os nossos vizinhos e as suas sugestões para este Natal.

Manifesto Mercado Matosinhos