Longa vida aos quiosques

Há cada vez mais revistas independentes, mas o que significa isso para os quiosques, esses lugares tão característicos e comuns que raramente deixam alguém indiferente às suas montras? Se por um lado a nostalgia nunca deixou o papel morrer, precisamos de recordar que sair de casa para comprar uma revista é, mais do que um mero acto de consumo, uma oportunidade de descoberta.

Read More
Sidetracked magazine

Ler a Sidetracked Magazine é sempre um apelo à descoberta e à exploração. Cada história faz-nos sentir o desconforto da aventura, mas também a excitação de descobrir novos mundos e sensações. As narrativas completas e visualmente apelativas fizeram-nos ler a revista de um sopro só, mostrando-nos cenários idílicos e histórias inacreditáveis.

Read More
Mincho

Qual é o papel da ilustração na forma como percepcionamos o mundo? A revista Mincho explora como o design, a tipografia e a ilustração podem ajudar-nos a interpretar o que nos rodeia. Na sua edição número 14, a Mincho aborda a efectividade do design para a mobilização política. Através da homenagem a ilustradores e designers que usam o seu trabalho para sensibilizar para causas sociais, políticas e económicas, a revista mantém-nos informados não só sobre o que existe de novo na área da ilustração, mas também sobre o estado do mundo.

Read More
The Gentlewoman

Mulheres modernas de estilo e propósito. Assim se define a The Gentlewoman, uma das primeiras revistas a destacar-se no mundo das publicações independentes. Apesar do nome da revista ter sido inspirado por uma publicação que existiu há quase dois séculos atrás, esta Gentlewoman que hoje segurámos destaca-se pela constante inovação em termos do design e da diversidade dos conteúdos.

Read More
Positive News

A revista Positive News surgiu em 1993 para ajudar a colmatar esta falha no jornalismo. Mais do que apenas expor boas notícias, esta publicação quer inspirar-nos a criar a mudança positiva que desejamos ver no mundo. Inicialmente em formato de jornal, a Positive News começou a ser impressa como revista para ir de encontro aos valores de slowness defendidos pela publicação.

Read More
Fare

É já sabido que as cidades são feitas pelas pessoas, guardiãs da memória colectiva de um lugar, mas a Fare consegue transmitir com simplicidade esse sentimento. As pequenas ilustrações, as fotografias em cores mate e a organização da revista transmitem uma certa familiaridade disfarçada de nostalgia, como um álbum de família com histórias que temos sempre vontade de recordar.

Read More